As contrariedades começaram aos 21 minutos, para o lado do Manchester United, quando o espanhol Ander Herrera se lesionou e foi substituído pelo brasileiro Andreas Pereira, e continuaram logo quatro minutos depois com a saída forçada de Juan Mata, que deu lugar a Jesse Lingard.

Aos 31 minutos foi a vez de o azar bater à porta do avançado do Liverpool Roberto Firmino, que teve de abandonar o relvado por lesão, levando Daniel Sturridge a jogo. Mas a onda de lesões não ficou por aqui e, aos 43 minutos, Jesse Lingard, que tinha sido lançado em campo há menos de vinte minutos, saiu lesionado, entrando Alexis Sánchez na partida.

Apesar da maior posse de bola dos visitantes, ambas as defesas conseguiram superiorizar-se aos ataques, pelo que o nulo final não surpreendeu. Refira-se que o português Diogo Dalot não saltou do banco de suplentes.

No outro jogo do dia em Inglaterra, o Arsenal bateu em casa o Southampton por 2-0, com os golos madrugadores de Alexandre Lacazette (6 minutos) e de Henrikh Mkhitaryan (17 minutos) a sentenciarem o desfecho da partida.

Os 'gunners' aproveitaram o empate do Manchester United para o ultrapassar na classificação, estando agora no quarto posto da tabela com 53 pontos, mais um do que os 'red devils'.

Já o Liverpool, apesar de continuar na liderança da Premier League com 66 pontos, conta com uma magra vantagem de apenas um ponto para o segundo classificado, Manchester City, que disputa hoje o final da Taça da Liga inglesa com o Chelsea.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.