Pedro Fraga e Afonso Costa completaram a final A em 6.43,710 minutos, tendo sido apenas superados pelos belgas Tim Brys e Niels van Zandweghe, que venceram a prova com o tempo de 6.40,400, e os polacos Artur Mikolajczewski e Jerzy Kowalski, segundos classificados, com 6.42,990.

A dupla portuguesa tinha boas perspetivas de subir ao pódio em Plovdiv, depois de na sexta-feira ter alcançado o melhor resultado das eliminatórias para a prova masculina de ‘double scull’, tendo hoje terminado a final à frente das representações da Áustria, China e Espanha.

Na mesma classe, nas mo setor feminino (LW2x), Joana Branco e Inês Oliveira não foram além do último lugar na final B, com o tempo de 7.42,740 minutos, muito longe da dupla vencedora, constituída pelas japonesas Ayami Oishi e Chiaki Tomita, que terminou a prova em 7.17,870.

Depois de Plovdiv, a Taça do Mundo terá a segunda etapa em Poznan, na Polónia, em junho, seguindo-se Roterdão, Holanda, em julho.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.