A equipa das ‘quinas', que tal como a Suíça chegou à terceira e última jornada com seis pontos somados, colocou-se cedo em vantagem, aos quatro minutos, por Léo Martins, mas os helvéticos empataram aos nove, por Noel Ott.

O empate seria desfeito por André Lourenço, que, um minuto volvido, recolocou Portugal na frente do marcador.

No arranque do segundo período, aos 14 minutos, Léo Martins ‘bisou’, deixando Portugal a vencer por 3-1, mas a equipa suíça não quebrou animicamente, pelo contrário, cresceu no jogo e logrou marcar dois golos de rajada, aos 15 e 16 minutos, da autoria de Stankovic, partindo para o derradeiro período com tudo em aberto (3-3).

À semelhança do que sucedera nos dois períodos anteriores, Portugal colocou-se na frente do marcador, agora graças a um golo de Belchior, aos 17 minutos, na execução de um livre direto.

A Suíça não tardou a reagir e o guarda-redes Eliot restabeleceu o empate, que só seria desfeito a poucos segundos do fim do terceiro período, com o ‘hat-trick' de Léo Martins, que valeu a conquista de mais um título europeu.

O português Elinton Andrade foi considerado o melhor guarda-redes da competição, Léo Martins conquistou o prémio de melhor jogador, enquanto o suíço Stankovic foi o melhor marcador.

(Notícia atualizada às 19:41)

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.