“O organismo máximo do râguebi mundial decidiu sancionar Espanha com 25 mil libras (mais de 29 mil euros) e descontar cinco pontos por cada um dos jogos onde foi utilizado o jogador” Gavin Van den Berg, revelou a Federação Espanhola de Râguebi (FER), em comunicado publicado no seu site oficial.

van der Berg não cumpriu os critérios de elegibilidade (ascendência familiar, ter residido no novo país durante três anos de forma ininterrupta - ou 10 anos alternadamente) para representar a seleção espanhola e terá, alegadamente, falsificado o passaporte.

A decisão atira a Espanha para o quarto lugar da classificação do apuramento, beneficiando diretamente a Roménia, que garante a segunda vaga europeia na competição, juntamente com a Geórgia, e também Portugal, que termina em terceiro lugar e qualifica-se para o torneio de repescagem mundial, em novembro.

O pilar do Alcobendas, de origem sul-africana, alinhou nos dois encontros dos espanhóis frente aos Países Baixos na qualificação para o Mundial, que a Espanha terminou em segundo lugar, garantindo o acesso direto à competição.

Uma “reclamação da Federação Romena de Râguebi”, no entanto, levou a World Rugby a nomear uma Comissão Independente para avaliar o eventual incumprimento espanhol da Lei 8 do organismo, relativa à elegibilidade de jogadores para representar uma seleção nacional.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.