Sem o compatriota Diogo Dalot, que nem sequer constou na ficha de jogo, foi o ex-‘leão’ a guiar os ‘red devils’ para um triunfo que começou a ser construído à passagem do minuto 16, quando o avançado Mason Greenwood, assistido por Wan-Bissaka, partiu para cima dos adversários e bateu australiano Mathew Ryan.

Antes do United se colocar em vantagem, o médio luso já tinha ensaiado o remate (ao poste) que iria fazer aos 29, desta vez para ampliar a vantagem, num ‘disparo’ fora de área, que ainda desviou na defensiva adversária antes de entrar na baliza.

O primeiro ‘bis’ pela equipa e o quinto golo de Bruno Fernandes na ‘Premier League’ aconteceu já no segundo tempo (50), num lance que saiu dos pés do antigo jogador do Benfica, Matic. O médio desmarcou Greenwood no flanco esquerdo, que cruzou com classe para o remate de primeira do português.

United e ‘Wolves’ dividem agora o quinto lugar do campeonato, com 52 pontos, mais sete do que o Tottenham, de José Mourinho, mas com menos um jogo, e Burnley.

Já a equipa do sul de Inglaterra interrompeu uma série de três encontros sem perder e segue na 15.ª posição, com 33, numa tabela liderada pelo já campeão Liverpool, com 86, mais 23 do que do que o segundo classificado Manchester City. O Leicester, com 55, e Chelsea, com menos um, seguem nos lugares que dão acesso à Liga dos Campeões.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.