“Ainda que não tenhamos mais nenhum caso positivo no nosso plantel, a maioria dos jogadores que já tinham tido testes positivos antes do jogo com o Liverpool [também adiado] mantêm-se em isolamento”, justificou hoje o Leeds United.

O jogo de hoje entre Leeds e Liverpool já tinha sido adiado, no ‘boxing day’, jornada tradicional a seguir ao Natal, e, que, também viu serem cancelados, pelas mesmas razões, os jogos entre Wolverhampton e Watford e Burnley e Everton.

“Ainda não temos jogadores suficientes para cumprir as exigências da Premier League”, acrescentou a formação de Leeds, que no espaço de poucos dias viu-se obrigada a adiar jogos de duas jornadas.

Este é o 14.º jogo da Liga inglesa adiado nas duas últimas semanas, numa altura em que a Grã-Bretanha regista um número recorde de casos positivos de covid-19, devido à variante Omicron.

Um pouco antes a Liga rejeitou o pedido de adiamento do Crystal Palace para a visita de hoje ao Tottenham, depois de o seu treinador, Patrick Vieira, ter testado positivo e ter ficado em isolamento, já depois de Steven Gerrard, técnico do Asto Villa, que hoje recebe o Chelsea, também ter dado positivo.

No início da semana, os clubes da Premier Legue rejeitaram, ainda assim, a opção de interromper temporariamente a época 2021/22.

A covid-19 provocou mais de 5,38 milhões de mortes em todo o mundo desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em vários países.

Uma nova variante, a Ómicron, classificada como preocupante pela Organização Mundial da Saúde (OMS), foi detetada na África Austral, mas desde que as autoridades sanitárias sul-africanas deram o alerta, a 24 de novembro, foram notificadas infeções em pelo menos 89 países de todos os continentes, incluindo Portugal

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.