Golos do argentino Agüero, a passe de Bernardo Silva, aos 40 minutos, e do alemão Sané, aos 72, anularam o tento do brasileiro Firmino, aos 64, que então estabelecia o empate, e permitiram aos campeões em título reduzir as distâncias na frente.

Os ‘reds’ continuam na liderança, com 54 pontos, mais quatro do que a equipa de Pep Guardiola, que segue no segundo lugar, com 50, dois a mais do que o terceiro classificado, o Tottenham, com o Chelsea em quarto, a 10 da frente.

Para a formação de Jürgen Klopp, esta foi a primeira derrota na presente edição do campeonato inglês, ao cabo de 17 vitórias e três empates, enquanto o emblema de Manchester voltou às vitórias após três jogos sem vencer, dois no campeonato e um na Taça da Liga inglesa.

Num jogo bem disputado, a primeira grande oportunidade de golo pertenceu aos forasteiros, aos 18 minutos, depois de o egípcio Salah isolar o senegalês Mané, que rematou ao poste. Depois, Stones aliviou a bola contra o guarda-redes Ederson, mas corrigiu o erro já em cima da linha de golo.

O primeiro golo surgiu aos 40 minutos, numa jogada pela esquerda de Bernardo Silva, titular ao lado do espanhol David Silva no meio campo do City, com o luso a assistir Aguero para o 10.º golo na presente edição da ‘Premier League’ do argentino.

No segundo tempo, o Liverpool aumentou a pressão e empatou a contenda aos 64 minutos, pelo brasileiro Firmino, a finalizar após um toque do escocês Robertson, a emendar um cruzamento de Alexander-Arnold, mas o equilíbrio não durou e Sané voltou a colocar a equipa da casa na frente, aos 72, a passe de Sterling, num remate cruzado que bateu nos dois postes antes de entrar.

Os líderes pressionaram até final, mas o City foi usando do contra-ataque para defender a vantagem e o brasileiro Alisson teve mesmo de impedir o 3-1, aos 82 minutos, a remate de Sterling.

Na próxima jornada, o Liverpool visita o Brighton, em 12 de janeiro, enquanto o Manchester City recebe o Wolverhampton, treinado por Nuno Espírito Santo.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.