“Mais uma conquista, esta protagonizada por Abel Ferreira, que engrandece o futebol profissional e que, nesta altura, nos dá um pouco mais de conforto e ânimo. Celebrar os êxitos dos nossos, que estão longe, é como festejar os nossos”, escreveu o dirigente na rede social Facebook.

Proença afirma ainda que “depois de Jorge Jesus [que venceu o troféu com o Flamengo em 2019], Abel Ferreira elevou o talento” do futebol português, que está “definitivamente na rota mundial” da modalidade.

O Palmeiras, orientado pelo treinador português Abel Ferreira, conquistou hoje a edição 2020 da Taça Libertadores em futebol, ao vencer o Santos por 1-0, na terceira final 100% brasileira da prova, disputada no Maracanã, no Rio de Janeiro.

Um golo do suplente Breno Lopes nos descontos, aos 90+9 minutos, selou o título do ‘verdão’, que, na sua quinta final, repetiu o feito único de 1999, então sob o comandado pelo ex-selecionador português Luiz Felipe Scolari.

No palmarés da prova, o Palmeiras sucedeu ao Flamengo, que tinha arrebatado a edição de 2019 sob o comando do atual treinador do Benfica Jorge Jesus, depois de bater o River Plate por 2-1, na primeira final a um só jogo na história da prova.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.