No último dia de corrida, que não causou diferenças nos primeiros lugares da geral, Roglic confirmou o segundo triunfo na Vuelta, em duas participações, e, aos 31 anos, volta a vencer uma grande Volta, com 24 segundos de vantagem para o equatoriano Richard Carapaz (INEOS), segundo, e 1.15 minutos para o britânico Hugh Carthy (Education First), terceiro.

A última tirada, de 139,6 quilómetros entre Hipódromo de la Zarzuela e Madrid, foi ganha ao ‘sprint’ por Ackermann, que cumpriu a distância em 3:28.13 horas, batendo sobre a meta o irlandês Sam Bennett (Deceuninck-QuickStep), segundo, e o também alemão Max Kanter (Sunweb), terceiro.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.