Através do Ponto Nacional de Informações para o Futebol (PNIF), a PSP diz que “acompanha em permanência a situação relativa à segurança de todos os agentes desportivos, designadamente a segurança das equipas de arbitragem” para “garantir que todos tenham condições para exercer livremente as suas funções”.

“Os recentes acontecimentos suscitaram acrescidas preocupações que originaram contactos por parte de responsáveis da FPF”, refere a PSP.

De acordo com a força policial, “os contactos irão continuar no sentido de a PSP definir as medidas de segurança adequadas que serão posteriormente implementadas, estando já agendada uma primeira reunião de trabalho”, assegurando ser “prematura a referência a qualquer plano ou medida concreta”.

Nos últimos dias têm subido de tom as críticas à arbitragem, sobretudo após as eliminações de FC Porto e Sporting da Taça da Liga, com dois adeptos, alegadamente dos Super Dragões, a interpelarem o árbitro Artur Soares Dias no centro de treinos dos árbitros na Maia.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.