O Liverpool recebeu e venceu o RB Leipzig por 2-0, em jogo a contar para a segunda mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões, numa eliminatória que terminou com um agregado de 4-0 a favor dos Reds, naquela que foi a primeira vitória da turma de Jürgen Klopp em casa em quase três meses.

Verdade seja dita, a expressão 'em casa' neste artigo merece um asterisco, uma vez que o jogo decorreu na Puskás Aréna, na Hungria, e não em Anfield Road, devido às restrições de viagens entre Inglaterra e Alemanha impostas como medida de combate à pandemia. No entanto, não deixa de ser curioso que tenha sido preciso um estádio emprestado para o Liverpool somar a primeira vitória caseira em 2021.

A última vitória de Salah e companhia naquele que é um dos redutos mais temidos do futebol europeu pela força que vem das bancadas, mesmo sem público os adeptos jamais esquecerão o You'll Never Walk Alone entoado no início de cada encontro, foi no dia 16 de dezembro de 2020 frente ao Tottenham, um jogo a contar para a jornada 13 da Premier League e que ficou decidido com os golos de Salah e Roberto Firmino, contra o tento solitário de Son Heung-Min.

Desde que Klopp defrontou José Mourinho em dezembro que os Reds não voltaram a vencer em Anfield Road. Somaram-se empates com West Bromwich (1-1) e Manchester United (0-0) e derrotas com Burnley (0-1), Brighton (0-1), Manchester City (1-4), Everton (0-2), Chelsea (0-1) e Fulham (0-1).

Esta quarta-feira, Salah (com uma 'perninha' de Diogo Jota) e Sadio Mané podem ter dado um pontapé naquele que tem sido uma verdadeira amargura de 2021 e que, entre outros fatores, nomeadamente a onda de lesões que tem afastado jogadores nucleares como Virgul van Dijk do onze inicial, afundou as hipóteses do Liverpool renovar o título de campeão inglês, um prefácio perfeito para ser repetido no dia 10 de abril diante do Aston Villa, o próximo jogo em Anfield no calendário da equipa inglesa.

A vitória desta noite,  que garante a passagem dos Reds aos quartos de final, permite que o clube da cidade dos Beatles se mantenha vivo na luta pela Liga dos Campeões, a competição de clubes mais apetecida da Europa e que a equipa orientada pelo técnico alemão venceu em 2018/19.

*Artigo corrigido às 23h59 com o facto de o jogo da segunda mão da Liga dos Campeões ter acontecido na  Puskás Aréna, casa emprestada ao Liverpool, e não em Anfield Road, o histórico estádio dos Reds.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.