A equipa ‘merengue' teve uma entrada de rompante que lhe garantiu uma vantagem de dois golos, aos 10 e 16 minutos, pela dupla francesa Ferland Mendy e Karim Benzema, que soube gerir na segunda parte, quando o Granada procurou dar a volta ao jogo e ao resultado.

A verdade é que um golo do avançado venezuelano Darwin Machis, aos 50 minutos, recolocou o Granada na discussão do resultado, mas a equipa da capital soube segurar os três preciosos pontos que o deixam com uma mão no título.

Pelo Granada alinharam durante os 90 minutos três portugueses, o guarda-redes Rui Silva, o central Domingos Duarte, estes dois habituais titulares, e o extremo Gil Dias, enquanto o guarda-redes Andorinha, também português, não chegou a sair do ‘banco'.

Domingos Duarte viu um cartão amarelo aos 46 minutos, tal como Gil Dias, aos 58.

Com este triunfo frente ao 10.º classificado, o Real Madrid fica a uma vitória do título: basta que vença o Villarreal no Santiago Bernabéu, na quinta-feira, na 37.ª e penúltima jornada, independentemente do resultado do FC Barcelona, que recebe o Osasuna no mesmo dia.

O Real Madrid lidera com 80 pontos, seguido do FC Barcelona, com 79, do Atlético Madrid, com 66, e do Sevilha com os mesmos pontos, quando faltam duas jornadas por disputar.

Entretanto, o Sevilha garantiu hoje, pelo menos, o quarto lugar e consequente apuramento para a Liga dos Campeões, após a derrota caseira do Villarreal frente à Real Sociedad, por 2-1.

A equipa andaluza, que é a atual quarta classificada, com 66 pontos, os mesmos do terceiro, o Atlético de Madrid, assegura assim a sétima qualificação para a Liga dos Campeões no século XXI, a qual não lograva há três épocas.

Depois do triunfo no último domingo na receção ao Maiorca, por 2-0, ao Sevilha, do avançado português Rony Lopes e do ex-técnico do FC Porto Julen Lopetegui, só lhe faltava conquistar um ponto para atingir o objetivo da Liga dos Campeões ou que o Villarreal não conseguisse vencer hoje frente à Real Sociedad, a duas jornadas do final do campeonato.

Os bascos não só ‘ajudaram' o Sevilha como deram hoje um passo importante para a qualificação para a Liga Europa ao vencer em casa do Villarreal, uma vitória que começou a ser construída aos 61 minutos, com um golo do brasileiro Willian José, e foi consumada aos 75, com o segundo golo, pelo central Diego Llorente.

A Real Sociedad é sétima - o último posto europeu -, com 54 pontos, menos três do que o Villarreal, que é quinto.

No outro jogo de hoje da 36ª jornada, o ‘aflito' Alavés empatou sem golos na receção ao Getafe, mantendo-se em 17.º lugar, o primeiro acima da ‘linha de água', com 36 pontos, enquanto a equipa visitante segue na sexta posição, com 54.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.