A notícia foi confirmada através de uma publicação nos perfis oficiais da cantora e da liga nacional de futebol americano.

Recorde-se que 2019 Rihanna recusou o convite após a polémica com o caso de racismo da NFL e do atleta Colin Kaepernick.

Taylor Swift também terá sido convidada para o intervalo mais famoso do mundo do desporto mas, de acordo com o TMZ, a cantora recusou por ter um contrato com a Coca-Cola.

Super Bowl: Nem a censura travou a história de Dr. Dre
Super Bowl: Nem a censura travou a história de Dr. Dre
Ver artigo

Outras das novidades do "halftime show" de 2023 é a mudança de patrocinador, com a Pepsi, parceira de mais de uma década, a ser substituída pela Apple Music.

O Super Bowl é o maior evento desportivo dos Estados Unidos e tem também a maior audiência televisiva no país. O espetáculo musical do intervalo é um evento global que atrai tanta ou mais atenção do que o próprio jogo.

Dr. Dre, Snoop Dogg, Eminem, Mary J. Blige e Kendrick Lamar foram os artistas escolhidos para atuar na final de 2022.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.