"Há o interesse do FC Porto, mas também de outros clubes grandes. O segredo é alma de negócio e não posso adiantar muito mais. Iremos analisar as melhores propostas que temos", disse António Silva Campos, à margem da apresentação de Mário Silva, novo treinador do clube.

O dirigente também assumiu a existência de uma cláusula no contrato de Nuno Santos, imposta pelo Benfica, quando cedeu o atleta ao Rio Ave, em 2018, que obriga a uma compensação de cinco milhões de euros aos ‘encarnados', caso o avançado seja transferido para os rivais FC Porto ou Sporting.

"É uma cláusula que penaliza qualquer clube que pense em vender. Foi, na altura, o acordo possível, mas é um entrave. No entanto, com a boa relação que o Rio Ave tem com os clubes, nomeadamente os três grandes, iremos ultrapassar esse assunto", partilhou António Silva Campos.

O presidente da formação da foz do Ave partilhou que Taremi e Nuno Santos "dificilmente vão continuar no Rio Ave", embora garantindo que os dos atletas não serão transferidos a "preço de saldo".

"São dois ativos, sabemos o real valor deles e não são jogadores a saldo. Temos clubes interessados, mas tenho de defender os interesses do Rio Ave. Vamos analisar todas as propostas e tomar a decisão mais correta", assumiu António Silva Campos.

O avançado iraniano Taremi, de 28 anos, foi o melhor marcador dos vila-condenses na temporada 2019/20, apontado 21 golos em 37 jogos, em diferentes competições, enquanto o extremo português Nuno Santos, de 25 anos, fez 38 partidas e apontou cinco golos.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.