Em comunicado, o Rio Tinto revelou que não vai comparecer ao jogo da oitava a jornada da fase de subida da Divisão D’Elite, que lidera, com dois pontos de vantagem sobre o Canelas 2010.

Caso se confirme esta falta de comparência, o clube do concelho de Vila Nova de Gaia assume a liderança da competição.

Esta ausência tem essencialmente a ver com a recusa da quase totalidade do plantel em defrontar a equipa gaiense, que, neste caso, será punido com derrota por 3-0 e uma multa de 750 euros.

A recusa prende-se com os incidentes no jogo da primeira volta desta segunda fase, disputado a 02 de abril, e que foi interrompido aos dois minutos, devido à agressão de Marco Gonçalves, avançado da equipa gaiense, ao árbitro José Rodrigues.

Em comunicado, o Rio Tinto não dá qualquer tipo de explicação para esta decisão, ainda assim confirma a não comparência no jogo.

“O Sport Clube de Rio Tinto vem desta forma, junto dos seus associados, simpatizantes e público em geral, informar que vai fazer falta de comparência ao próximo jogo da nossa equipa sénior C.F. Canelas 2010 x S.C. Rio Tinto”, lê-se no comunicado do emblema de Gondomar.

Depois de 12 dos 13 adversários se terem negado a jogar contra o Canelas 2010 na primeira fase esta é a primeira vez que um clube recusa defrontar o clube na fase de subida ao Campeonato de Portugal.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.