Num encontro antecedido por um minuto de silêncio em memória de Davide Astori, capitão da Fiorentina e que jogou na Roma, os romanos decidiram o encontro na segunda parte, com golos do grego Konstantinos Manolas (56) e dos italianos Daniele De Rossi (73) e Lorenzo Pellegrini (90+3).

A quatro dias de receber o Shakhtar Donetsk, de Paulo Fonseca, na segunda mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões, a Roma passou a somar 56 pontos, a 13 do Nápoles e a 12 da Juventus e tem mais quatro do que o Inter, com napolitanos e milaneses com menos um jogo e o conjunto de Turim com menos dois.

O Torino, que somou a terceira derrota consecutiva, é nono, com 36 pontos.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.