De acordo com a informação publicada no sítio oficial da France Football na Internet, o avançado do Real Madrid ‘encaixou’ 87,5 milhões de euros (ME), superando pela primeira vez o argentino Lionel Messi, do rival FC Barcelona, o segundo mais bem pago, com 76,5 ME.

O brasileiro Neymar, também do FC Barcelona, e o galês Gareth Bale, colega de Ronaldo no Real Madrid, receberam 55,5 e 41 ME, respetivamente, com o argentino Ezequiel Lavezzi, avançado dos chineses do Hebei Fortune, a fechar a lista dos cinco primeiros, com 28,5 ME.

Entre os treinadores, Mourinho, técnico do Manchester United, foi o que mais viu a conta bancária aumentar, com um ‘encaixe’ de 28 ME, entre salário bruto, prémios de desempenho e rendimentos provenientes de publicidade.

O italiano Marcello Lippi, atual selecionador chinês, é o segundo treinador mais pago, com 23,5 ME, à frente do francês Laurent Blanc (antigo técnico do Paris Saint-Germain), com 20 ME, do italiano Carlo Ancelotti (Bayern Munique), com 15,8 ME, e do espanhol Pep Guardiola (Manchester City), com 14,5 ME.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.