Vitoriosa em cinco dos últimos seis encontros do campeonato, a equipa minhota ocupa o quinto lugar da tabela, com 20 pontos, e promete apresentar-se “motivada, ambiciosa e corajosa”, com vontade de continuar a ganhar frente ao líder do campeonato, que o técnico dos ‘cónegos’ descreve, ao mesmo tempo, como “uma grande equipa e uma equipa grande”.

“Esperamos ser uma equipa audaz, bem ciente dos momentos do jogo, sempre bem organizada, a perceber que temos de estar coesos e organizados no momento defensivo e que podemos ferir o adversário no momento ofensivo, de forma mais vertical ou em posse. Temos sido uma equipa muito equilibrada”, realçou, na antevisão ao duelo marcado para as 18:00, na vila de Moreira de Cónegos, concelho de Guimarães.

Convencido de que os jogos frente a candidatos ao título em Portugal são os “mais fáceis para motivar os jogadores”, Rui Borges espera um Moreirense a “tentar perceber os pontos fortes e os pontos fracos” de um oponente contra o qual os erros podem ser decisivos.

“Percebemos que, do outro lado, existe muita qualidade individual e que qualquer erro pode-nos sair caro. Jogamos em nossa casa. Queremos ser o Moreirense que temos sido. Não sei se vamos ser ou não, mas vamos tentar ser corajosos”, acrescentou.

Sem emitir qualquer opinião sobre a fase atual do Benfica, formação que lidera o campeonato com 28 pontos, mas está já afastada da passagem aos oitavos de final da Liga dos Campeões, o treinador de 42 anos vinca que o único foco do Moreirense é o de perceber como se superiorizar em campo.

Depois de uma pausa competitiva de três semanas a interromper “um momento positivo”, os ‘cónegos’ encaram o duelo com as ‘águias’ sem Ofori, habitual titular no meio-campo, suspenso devido à acumulação de cinco cartões amarelos, mas Rui Borges mostrou-se tranquilo com a circunstância, por dispor de outros atletas preparados para jogar naquele setor.

O Moreirense, quinto classificado, com 20 pontos, recebe o Benfica, líder, com 28, em partida agendada para as 18:00 de domingo, no Estádio Comendador Joaquim de Almeida Freitas, em Moreira de Cónegos, Guimarães, com arbitragem de Fábio Veríssimo, da Associação de Futebol de Leiria.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.