Na terça-feira, a Argentina surpreendeu tudo e todos ao vencer a Argentina, hoje foi a vez do Japão. A seleção nipónica até chegou ao intervalo a perder por um golo, marcado pelo médio do Manchester City Ilkay Gündogan, através da conversão de uma grande penalidade, e até podia ter ido para o balneário em maior desvantagem, caso o golo de Kai Havertz não tivesse sido anulado, mas, no segundo tempo, em menos de 10 minutos, conseguiu o improvável.

Aos 75 minutos, Doan, jogador do Freiburg, emblema da Bundesliga, aproveitou uma bola perdida na grande área na sequência de uma defesa de Emmanuel Neuer e empatou a partida. Aos 83 minutos, Takuma Asano, do Bochum, também uma formação germânica, finalizou uma jogada individual de contra-ataque com um potente remate ao ângulo superior da baliza alemã, consumou a inesperada reviravolta.

O jogo ficou também marcado por mais um protesto, com os jogadores da seleção alemã a tapar a boca na tradicional foto pré-jogo, uma ação contra a ameaça de sanções por parte da Fifa para impedir que a braçadeira 'One Love' fosse usada no Qatar.

No Grupo E, para além da Alemanha e Japão, estão também Espanha e Costa Rica que se defrontam ainda esta quarta-feira.

Veja aqui os golos

Alemanha 1 - 0 Japão (Ilkay Gündogan)

Alemanha 1 - 1 Japão (Doan)

Alemanha 1 - 2 Japão (Takuma Asano)

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.