O ‘top 100′ mundial desde cedo que começou a provar o favoritismo no ‘court’ central de terra batida do CIF, tendo sido o primeiro a quebrar o jogo de serviço do adversário, mas obteve uma resposta imediata do alemão a fazer o ‘contra-break’.

No entanto, o nipónico voltou a ser mais forte quando Otte tentava voltar ao jogo e serviu de seguida para fechar o primeiro parcial, por 6-4.

No segundo ‘set’, o jovem tenista germânico não se mostrou afetado por estar em desvantagem e mostrou que não queria entregar de ‘bandeja’ a vitória ao terceiro cabeça de série. Voltou a quebrar o jogo de serviço do japonês, desta vez por duas vezes, e embalou para fechar por 6-1 o parcial.

O derradeiro e decisivo jogo voltou a correr de feição ao germânico, que conseguiu novamente entrar mais forte, obrigando Taro a correr atrás do resultado.

Em vantagem, o Otte fez o que lhe competia e venceu os seus jogos de serviço, aproveitando também o desgaste acumulado do japonês, acabando por ganhar o terceiro parcial por 6-3.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.