A informação foi divulgada hoje na página oficial do tetracampeão alemão e indica que a DBF fechou o processo que tinha aberto contra Ancelotti, por este se ter dirigido a um adepto do Hertha com o dedo do meio levantado, num gesto considerado obsceno.

“Em princípio, consideramos compreensível o gesto de Carlo Ancelotti. É uma reação humana, depois de ter sido cuspido”, refere o clube em comunicado.

A caminho dos balneários, pouco depois de Robert Lewandowski ter apontado, aos 90+6 minutos, o golo que permitiu ao Bayern empatar a partida, Carlo Ancelotti fez o gesto obsceno em direção à bancada.

Pouco depois, em declarações à estação televisiva pública ARD, o italiano explicou que essa reação se ficou a devr ao facto de ter sido atingido por uma cuspidela vinda da bancada.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.