Esta decisão suspende de imediato a sanção aplicada pelo referido órgão federativo pelas declarações do líder 'leonino' sobre o presidente do SC Braga, António Salvador.

O castigo encontra-se assim suspenso até que o Tribunal Arbitral do Desporto se pronuncie sobre o recurso interposto pelo Sporting ao castigo aplicado pelo CD da FPF.

Se castigado, Bruno de Carvalho ficaria impedido de se sentar no banco no dérbi frente ao Benfica, da 33.ª jornada da I Liga de futebol.

Todavia, uma vez que a providência cautelar foi aceite, o dirigente poderá estar junto da equipa no jogo deste sábado, a partir das 20:30, um encontro determinante para a atribuição do segundo lugar do campeonato, que dá acesso à terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões, uma vez que os dois rivais estão empatados com 77 pontos, menos cinco do que o líder FC Porto.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.