O dirigente disse que o plano está “dependente de aprovação” do comité executivo da UEFA e contou que serão 96 os participantes envolvidos nas provas da UEFA, juntamente com a Liga dos Campeões e Liga Europa.

Uma opção poderá ser expandir a Liga Europa, acrescentando-lhe 16 equipas para uma fase de grupos a 64, sendo outra a de criar uma prova diferente, o que faria com que as três provas tivessem cada uma 32 equipas.

Agnelli, que é também presidente da Juventus, equipa de Cristiano Ronaldo, é igualmente membro do comité executivo da UEFA, cuja próxima reunião está agendada para 27 de setembro em Nyon, Suíça.

Há duas semanas, no Mónaco, UEFA assumiu que “há várias ideias” a serem analisadas em comités que incluem membros da ECA, embora o presidente, Aleksander Ceferin, refira que as propostas “estão apenas em discussão”.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.