“Prometi ao presidente que no final da temporada ele ‘dormiria’ com um troféu”, disse Villas-Boas num evento de lançamento da época, acrescentando: “Espero que eu e os jogadores possamos dar-lhe ‘essa noite especial’ no final da temporada”.

André Villas-Boas, que chegou ao clube chinês em novembro do ano passado, admitiu a vontade de terminar com o domínio do Guangzhou Evergrande, orientado pelo brasileiro Luiz Felipe Scolari e, campeão nas últimas seis épocas.

“É muito importante para nós tentarmos encurtar a distância para o topo, sermos os primeiros, conseguirmos ganhar troféus”, disse Villas-Boas, aludindo aos 12 pontos de vantagem com que o Guangzhou Evergrande conquistou o título de 2016.

O técnico português, que já passou pelas ligas portuguesa, inglesa, italiana e russa, agradeceu o investimento que os proprietários do clube têm feito no plantel.

“Acho que é um bom momento para agradecermos o esforço financeiro que fizeram. Agora acho que cabe-nos a nós fazer a diferença em campo e garantir que alcançamos os objetivos, o sonho de todos é vencer”, assegurou.

"Esforço financeiro" estende-se à segunda divisão portuguesa

Na mesma conferência, o presidente do SIPG, Chen Xuyuan admitiu estar em contacto com o Leixões, que compete na II Liga portuguesa, para contratar o avançado chinês Wei Shihao.

"Por enquanto, estamos em fase de conversações. A nossa postura é: desde que seja bom para o desenvolvimento do jovem jogador, consideramos a sua contratação", afirmou Xuyuan, durante um evento de lançamento da época, em que esteve presente Villas-Boas.

Chen não confirmou se a intenção do clube passa garantir apenas o empréstimo do jogador ou a sua contratação definitiva.

No mês passado, a Associação de Futebol da China anunciou que todos os clubes terão de contar com um jogador chinês sub-21 no ‘onze’.

Wei Shihao, que já passou por Boavista e Feirense, jogou apenas cinco minutos esta época ao serviço do Leixões.

O Shanghai SIPG, no qual alinha o português Ricardo Carvalho, estreia-se na próxima semana na Liga dos Campeões da Ásia, frente ao FC Seoul, em jogo do grupo F, depois de ter passado pelo ‘play-off’ de apuramento.

Além de Ricardo Carvalho, o Shanghai SIPG conta ainda com os brasileiros Óscar e Hulk, antigo avançado do FC Porto.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.