Após 203 quilómetros, Alarcón cortou a meta isolado em 4:55.57 horas, menos 11 segundos do que o português Amaro Antunes (W52-FC Porto) e do que o espanhol David de la Fuente.

Na geral, Alarcón tem agora seis segundos de avanço sobre o espanhol Alejandro Marque (Sporting-Tavira) e 15 sobre o português Domingos Gonçalves (RP-Boavista).

No domingo corre-se a segunda etapa, num percurso de 214,7 quilómetros entre Reguengos de Monsaraz e Castelo Branco, no qual os ciclistas terão de passar por uma contagem de montanha de terceira categoria e duas de quarta.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.