Ruben Guerreiro (Katusha Alpecin) foi um dos integrantes da fuga na etapa entre Valls e Igualada, com uma distância de 166,9 quilómetros, e entrou na discussão pela vitória na tirada, terminando no quarto posto, com as mesmas 3:50.48 horas de Arndt.

O alemão impôs-se no primeiro grupo de 13 corredores ao espanhol Alex Aranburu (Caja Rural) e ao belga Tosh Van Der Sande (Lotto Soudal), segundo e terceiro classificados na etapa, respetivamente.

Na classificação geral, Edet, um dos fugitivos e que ocupava o 16.º posto, aproveitou a apatia do pelotão para vestir a camisola encarnada, símbolo de liderança, destronando o colombiano Miguel Ángel López (Astana).

Edet, vencedor do prémio da montanha da Vuelta em 2013, detém agora 2.21 minutos de vantagem sobre o belga Dylan Teuns (Bahrain-Merida), segundo classificado, e 3.01 sobre o anterior líder, que hoje cedeu 9.24 minutos, ao terminar a etapa no 24.º posto.

Para domingo está marcada uma das etapas ‘rainha’ da corrida espanhola, com apenas 94,4 quilómetros, em Andorra, mas com uma subida de categoria especial e duas de primeira, a última coincidindo com a meta, em Cortals d’Encamp, depois de um troço de quatro quilómetros em terra batida.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.