A derrota por 1-0 do Pyramids em casa do Future, quando faltam três jornadas para o fim do campeonato torna impossível ao segundo classificado alcançar a formação do Cairo, que festejou o título sem jogar, após a vitória por 1-0 com o Pharco, na última sexta-feira.

O Zamalek tem 75 pontos, contra 68 do Pyramids, que tem mais um jogo e só pode somar mais seis pontos até final. Em terceiro está o Al-Ahly, que conquistou os últimos cinco campeonatos e esta temporada é comandado por Ricardo Soares, com 64.

É o segundo campeonato seguido para os ‘brancos’, o segundo com Jesualdo Ferreira, que já tinha celebrado uma primeira conquista em 2014/15.

É o 14.º título da carreira de Jesualdo Ferreira, tricampeão em Portugal com o FC Porto, entre 2006 e 2009, tendo ainda vencido uma Liga do Qatar com o Al Sadd, em 2018/19, além de várias taças nacionais.

Este título dá sequência a uma relação frutífera entre o clube e treinadores portugueses, iniciada com o título de 2003/04 com Nelo Vingada ao leme, antes de Jaime Pacheco e Jesualdo ‘partilharem’ o ‘cetro’ de 2014/15.

Vingada também foi campeão no Al-Ahly, em 2009, no final de uma dinastia de seis títulos de Manuel José, e José Peseiro levou o mesmo clube ao título em 2015/16.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.