Altice Portugal estabiliza receitas nos 526 milhões de euros

Dona do Meo fechou o 4 trimestre de 2018 a crescer face ao trimestre anterior mas em valores idênticos quando comparado com período homólogo em 2017. Níveis de angariação de clientes mais elevados, melhoria na taxa de desligamento e subida da receita média por utilizado explicam resultados. Investimento e EBITDA recuam.
Altice Portugal estabiliza receitas nos 526 milhões de euros

Altice Portugal, que detém a marca Meo, atingiu 526 Milhões de euros de receitas no último trimestre de 2018, o que representa um crescimento de 0,2% face ao trimestre anterior, anunciou a empresa em comunicado após o fecho do mercado.

“Os níveis de angariação mais elevados, melhoria na taxa de desligamento e incremento no ARPU (receitas por cliente) dos novos clientes”, são as razões que potenciaram este crescimento da empresa liderada por Alexandre Fonseca que realça ainda que teve no último trimestre de 2018 "o quinto trimestre consecutivo de crescimento da sua base de clientes fixos no segmento consumo".

A Meo registou, nesse segmento, uma adição de “8,4 mil clientes, o que compara com os “6 mil” um ano antes. Na fibra, as adições líquidas foram de 44,5 mil.

Em termos homólogos, no entanto, comparando com o período de outubro a dezembro de 2017, a receita total estabilizou (-0,1%, cifrando-se na altura nos 527 milhões).

Em relação EBITDA ajustado (lucros antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) fixou-se nos 199 Milhões de euros, uma queda de 13,8% em termos homólogos justificada pela “perda de margem bruta, especialmente no Segmento Empresarial, e incremento dos custos operacionais de angariação, de marketing e de rede”.

Quanto ao investimento realizado pela operadora (CAPEX), a filial portuguesa do grupo Altice investiu 120 Milhões de euros (o que compara com os 133 milhões de euros no 4T de 2017) entre outubro e dezembro do último ano.

As Receitas Combinadas provenientes do negócio fixo e móvel dos Segmentos Consumo, Empresarial e Grossista, juntas, subiram 0,7% “apesar das medidas regulatórias desfavoráveis” exemplificadas no “decréscimo das tarifas de terminação, e da autorregulação na subscrição do serviço IP Billing”, sustenta a empresa.

A Altice Portugal terminou o ano com mais de “4,49 milhões” de casas fibradas (+120 mil quando comparada com o 4 Trimestre de 2018) e mantém a meta de cobrir o país com fibra até um total de “5,3 milhões de casas”.

[O SAPO24 é a marca de informação do Portal SAPO, detido pela MEO - Serviços de Comunicações e Multimédia, S.A., propriedade da Altice Portugal]

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Veja também

 
 

Comentários

Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos subscrevendo a nossa , as nossas notificações ou seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.
mookie1 gd1.mookie1