“Queremos trabalhar na revisão da diretiva [lei europeia] sobre Veículos em Fim de Vida (VFV) e vamos fazer uma proposta no final do próximo ano”, disse Timmermas, intervindo no último Conselho de ministros do Ambiente da UE sob presidência portuguesa, no Luxemburgo.

A atual diretiva VFV é de 2000.

“Se queremos garantir que não há exportação de veículos poluentes para fora da UE, temos que assegurar que eles não circulam entre nós”, adiantou.

Timmermars ressalvou, no entanto, que, no que respeita especialmente a veículos pesados, há que atualizar primeiro as normas sobre pontos de recarga de baterias e de abastecimento de hidrogénio.

Os ministros do Ambiente da União Europeia, reunidos hoje sob presidência portuguesa, aprovaram a nova estratégia de adaptação às alterações climáticas, que define uma visão até 2050 para tornar a Europa resiliente e “totalmente adaptada aos seus inevitáveis impactos”.

No último Conselho de ministros do Ambiente dos 27 durante a presidência semestral portuguesa, e que decorre presencialmente no Luxemburgo, os 27 adotaram conclusões que dão orientações políticas à Comissão no que respeita à aplicação da estratégia apresentada pelo executivo de Bruxelas em fevereiro passado.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.