Entre julho e setembro, o Produto Interno Bruto (PIB) da China cresceu 6%, um número ainda menor do que os 6,2% registados no trimestre anterior, de acordo com o Gabinete Nacional de Estatísticas chinês.

Nos três primeiros trimestres do ano, o PIB da segunda maior economia mundial cresceu 6,2%, indicou.

O comércio chinês tem sofrido com o aumento das tarifas dos Estados Unidos. No entanto, o maior impacto sobre o crescimento parece vir de dentro, com a queda da produção industrial e das despesas dos consumidores.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.