“A EDP Serviço Universal, S.A., comercializador de último recurso do sistema elétrico português, detido a 100% pela EDP, acordou a venda, através de oito transações individuais sem recurso, de 10,4% do défice tarifário de 2017 e de 26,1% do défice tarifário de 2018, relativos ao sobrecusto com a produção em regime especial, por um montante de 384 milhões de euros”, refere o comunicado à CMVM.

O comunicado acrescenta que “estes défices tarifários resultam do diferimento por cinco anos da recuperação dos sobrecustos de 2017 e 2018, respetivamente, com a aquisição de energia aos produtores em regime especial (incluindo os ajustamentos de 2015 e 2016, para o défice tarifário de 2017, e de 2016 e 2017 para o défice tarifário de 2018)”.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.