A chegada de turistas internacionais a Espanha afundou em 77,3% em 2020, com apenas 19 milhões de visitantes, um número inédito desde 1969. O dinheiro deixado pelos turistas no país caiu em igual ordem-  78,5% -  somando 19,740 milhões de euros, o que reflete os efeitos que a pandemia de Covid-19 teve no setor turístico.

Estas quebras, as maiores, põem fim a sete anos consecutivos em que se bateram os recordes tanto de visitantes como do gastos realizados pelos visitantes.

De acordo com os dados publicados esta quarta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística, Espanha teve, em 2020, quatro vezes menos turistas que em 2019 e gastaram quase cinco vezes menos. No total, Espanha perdeu no ano passado 64,5 milhões de turistas e 72,538 milhões de euros de gasto em comparação com 2019.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.