Segundo a companhia, a partir do próximo domingo vão ser asseguradas três ligações diárias entre Maiorca e Ibiza e duas entre Maiorca e Minorca, sendo possível, a partir de hoje, adquirir bilhetes.

A Air Nostrum precisa que obteve o financiamento junto de 18 entidades financeiras, entre as quais os principais bancos espanhóis, com aval do Instituto Oficial de Crédito (ICO), e que vai utilizar a verba para cobrir as necessidades de tesouraria para o resto do ano e para o regresso gradual à atividade normal.

A companhia, que deixou de voar devido ao fecho de fronteiras e às limitações de circulação impostas devido à pandemia de covid-19, fez último voo em 29 de março e tem todos os trabalhadores (1.439) em regime de ‘lay-off’ desde 21 de maio.

A retoma das ligações aéreas nas Baleares foi coordenada com o governo regional.

Com esta reativação parcial da atividade, a companhia volta a assegurar a ligação entre Palma, Ibiza e Minorca, que opera há 26 anos.

O presidente da companhia, Carlos Bertomeu, considerou a retoma de voos “muito simbólica”, depois da “única paragem na vida” da Air Nostrum.

“É um passo muito significativo para o regresso à normalidade que todos desejamos”, afirmou em comunicado.

A Espanha é um dos países mais atingidos pela pandemia provocada pelo novo coronavírus, com 27.563 mortos em mais de 230 mil casos.

Surgido em dezembro na China, o SARS-CoV-2 já infetou 4.549.100 pessoas em todo o mundo, pelo menos 307.321 das quais morreram, segundo um balanço de hoje da agência AFP.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.