A procura de proteção nos termos do capítulo 11 da Lei de Falências dos Estados Unidos é “um passo deliberado e decisivo para nos posicionarmos de volta aos caminhos no futuro”, disse hoje a empresa em comunicado.

Ao estar protegida pelo capítulo 11 da Lei de Falências norte-americana, a Forever 21, que tem uma loja em Lisboa, vai poder continuar a operar sem ter de prestar contas aos seus credores e controlar os seus ativos durante a fase de reestruturação.

Segundo uma porta-voz da empresa citada pelo Wall Street Journal, o grupo, que está num processo comummente conhecido como “falência controlada”, vai encerrar até 350 lojas em todo o mundo, incluindo 178 nos Estados Unidos, que constitui o seu principal mercado.

Fundada em Los Angeles em 1984 pelo casal sul-coreano Do Won e Jin Sook Chang, a marca Forever 21 tem atualmente mais de 800 lojas a nível mundial.

A Forever 21 aproveitou a vaga da “fast fashion” (renovação rápida de coleções de roupa de pronto a vestir a preços acessíveis), apostando numa presença forte nos centros comerciais nos Estados Unidos, ao oferecer a uma clientela jovem imitações de grandes marcas, a preços baixos.

Vendendo um conjunto de marcas como a H&M e Zara, a empresa a Forever 21 procurou expandir os seus negócios a roupas e calçados masculinos após a crise de 2008.

Mas, de acordo com os analistas, não conseguiu reagir rapidamente ao aumento das vendas através da internet, bem como a uma clientela preocupada com o impacto ambiental dos seus produtos e condições de trabalho nas fábricas.

No início de setembro, a Forever 21 anunciou o encerramento no final de outubro das suas 14 lojas no Japão.

A marca de roupa norte-americana, criada nos anos 80, abriu a sua primeira e única loja em Portugal em outubro de 2016, no Centro Comercial Colombo, em Lisboa.

Questionada pela agência Lusa sobre se vai fechar a loja que possui no Centro Comercial Colombo, em Lisboa, a empresa ainda não respondeu.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.