“Este Orçamento do Estado foi apresentado e aprovado com o lema de não poupar esforços no combate pela saúde pública e também no apoio às famílias e empresas”, afirmou o vice-presidente do grupo parlamentar do PS João Paulo Correia, em declarações aos jornalistas no final de uma reunião com o Governo no parlamento.

Para o deputado socialista, o Governo tem conseguido cumprir estes objetivos, destacando que o investimento no SNS “aumentou 7,2%” no primeiro semestre, permitindo contratar mais 2.500 trabalhadores.

“E a meta de 2021 de mais 4.200 profissionais no SNS será uma realidade no final deste ano”, afirmou.

Por outro lado, João Paulo Correia salientou que “já foram mobilizados 3.250 milhões de euros nos apoios às famílias e empresas” e destacou que os números do desemprego se têm pautado “por uma certa estabilidade”, contrariando “as previsões mais pessimistas”.

“As medidas que o Governo tem mobilizado têm sido determinantes na preservação do emprego, na manutenção de postos de trabalho, e têm sido essenciais para que estejamos a viver um momento de recuperação económica acima das melhores expectativas para 2021”, defendeu

O Governo reuniu-se ao longo do dia com os partidos e deputadas não-inscritas que viabilizaram o Orçamento do Estado (OE) de 2021, com o objetivo de fazer o balanço da execução orçamental do primeiro semestre.

A delegação do Governo foi composta pelo secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, Duarte Cordeiro, o secretário de Estado Adjunto e dos Assuntos Fiscais, António Mendonça Mendes, e a secretária de Estado do Orçamento, Cláudia Joaquim.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.