“Há um trabalho que tem sido desenvolvido com a direção nacional da PSP para melhorar as condições de acolhimento e alojamento para aqueles que estão deslocados, nomeadamente na grande Área Metropolitana de Lisboa. Os investimentos previstos no Plano de Recuperação andam na ordem dos 40 milhões de euros para investir na melhoria das condições de alojamento dos agentes da PSP”, afirmou José Luís Carneiro.

O ministro da Administração Interna, José Luís Carneiro, presidiu hoje de manhã à cerimónia de encerramento do ano académico e do compromisso de honra do 34.º Curso de Formação de Oficiais de Polícia, que decorreu no Instituto Superior de Ciências Policiais e Segurança Interna (ISCPSI), em Lisboa.

Perante os futuros oficiais da Polícia de Segurança Pública, o governante prometeu que o Governo está “a trabalhar num conjunto de medidas de natureza social” para “melhorar as condições de atratividade da profissão”.

José Luís Carneiro avançou também que o Governo está a trabalhar numa nova lei de investimento em infraestrutura e equipamentos para as forças e serviços de segurança para ser submetida à Assembleia da República.

Segundo o ministro, esta nova lei tem previsto os “investimentos necessários na melhoria das infraestruturas, nos equipamentos de proteção individual e de modernização tecnológica” para melhorar e dignificar as condições de trabalho dos agentes da PSP.

José Luís Carneiro disse ainda que a nova lei de investimento em infraestrutura e equipamentos vai “ao encontro das prioridades da direção nacional da PSP e das necessidades identificadas”.

Segundo dados do Ministério da Administração Interna, completam este curso de formação de oficiais 40 alunos, sendo 29 de nacionalidade portuguesa e 11 provenientes dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa.

Estes 40 alunos juntam-se aos 892 já formados pelo Instituto Superior de Ciências Policiais e Segurança Interna, 729 dos quais portugueses e 163 dos PALOP.

No ano letivo de 2021/2022 estão a frequentar o CFOP 201 alunos.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.