Segundo o destaque do INE relativo ao Índice de Preços no Consumidor (IPC), a variação homóloga das rendas de habitação por metro quadrado acelerou 0,1 pontos percentuais em outubro face a setembro, sendo que “todas as regiões apresentaram variações homólogas positivas, tendo Lisboa registado o aumento mais intenso (4,3%)”.

Quanto ao valor médio das rendas de habitação, registou uma subida mensal de 0,3% em outubro, um valor idêntico ao registado no mês anterior.

A região com a subida mensal mais elevada neste indicador foi também a de Lisboa (0,4%), tendo todas as restantes regiões apresentado variações positivas.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.