O aumento em março traduziu-se em mais 1.455 crianças e jovens a receber do que há um ano e a mais 1.078 face ao valor do mês anterior.

De acordo com os dados do Instituto da Segurança Social, foram atribuídos em março 538.601 abonos de família ao sexo feminino, representando 49,2% do total de processamentos e 556.843 abonos ao sexo masculino (50,8% do total).

A bonificação por deficiência foi concedida a 98.054 titulares (38,2% do sexo feminino e 61,8% do sexo masculino), aumentando 5,6% comparando com o período homólogo e 0,3% face ao mês anterior.

Em março foram ainda atribuídas 38.087 prestações por parentalidade, uma descida de 2% em termos homólogos e de 1,8% face ao mês anterior, sendo a maioria atribuída ao sexo feminino (69,1% do total).

Já o número de beneficiários de Rendimento Social de Inserção (RSI) foi de 218.854 em março, uma redução de 1% em termos homólogos, refletindo a saída de 2.151 indivíduos desta medida.

A prestação média de RSI foi de 117,95 euros por beneficiário, 0,3% acima do valor de fevereiro e 4,1% face ao mês homólogo. Por família, o valor médio atingiu os 263,1 euros, menos 0,1% face ao mês anterior e mais 2,2% analisando março de 2018.

Por sua vez, a prestação social para a inclusão foi atribuída a 91.928 beneficiários, um acréscimo de 0,2% face a fevereiro e de 18,9% em termos homólogos.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.