Os novos iPhones vão ter a capacidade de usar 5G, de acordo com o anúncio hoje feito pela Apple durante a apresentação dos seus novos produtos. Em Portugal, o modelo mais barato vai ter o preço fixado nos 829 euros.

"Vamos introduzir o 5G em toda a nossa linha de modelos de iPhone", revelou o presidente-executivo da empresa, Tim Cook, no evento de lançamento transmitido ao vivo desde a sede da empresa na Califórnia. "Hoje é o início de uma nova era", declarou.

A Apple junta-se assim a outros fabricantes deste tipo de aparelhos, como a Samsung e Huawei, no lançamento de smartphones com 5G, aproveitando a expansão deste recurso em todo o mundo, o que pode abrir espaço para novos mercados e tecnologias.

Os novos modelos incluem um redesenhado iPhone 12 — sucessor do iPhone 11 lançado no ano passado — que será vendido entre 699 dólares a 1.099 dólares.

"Testamos o 5G com mais de 100 operadoras em 30 regiões e as velocidades observadas são impressionantes", afirmou Arun Mathias, vice-presidente da Apple.

Apesar das novidades anunciadas, as ações da Apple caíram quase 3% em Wall Street.

A nova linha inclui o iPhone 12 (com 6,1 polegadas) e o iPhone 12 Mini (5,4 polegadas). No entanto, haverão duas versões mais caras e destinadas a utilizadores mais "profissionais": o iPhone 12 Pro e 12 Pro Max, este último um dos maiores da marca (6,7 polegadas), com uma capa em aço inoxidável e munido de tecnologia para gravar e editar vídeos em HDR (High Dynamic Range) diretamente do telemóvel.

"Este é o novo ciclo de produto mais importante da Apple desde o iPhone 6 em 2014", acrescentou o analista Dan Ives, da Wedbush Securities.

Espera-se que a nova linha de iPhones gere no mercado uma onda de interesse em melhorias nos smartphones para tirar proveito das redes mais rápidas.

O iPhone 12 Mini (829 euros) e o iPhone Pro Max (1229 euros) vão ficar disponíveis em território nacional a partir do dia 6 de novembro, ao passo que as reservas para garantir o novo iPhone 12 (desde 929 euros) e o iPhone 12 Pro (desde 1179 euros) começam a 16 de outubro.

Desenvolvimento da 5G

"Até agora, a maioria das pessoas estava na expetativa", afirmou Hans Vestberg, chefe da Verizon, presente no evento para anunciar que a operadora norte-americana implantaria a sua rede 5G em todo o território dos Estados Unidos, com a cobertura de 200 milhões de pessoas em 1.800 cidades.

"O 5G acaba de ganhar forma", acrescentou.

De acordo com Stephen Mears, analista da Futuresource Consulting, no ano passado o número de casos em que a 5G é usada e a implantação de rede ainda eram incipientes.

"Em 2020, a situação não terá sofrido grandes alterações, mas a Apple não vai querer ficar duas gerações atrás dos telefones 5G", acrescentou.

As principais cidades chinesas já têm 5G e 90% da população da Coreia do Sul vive em áreas que possuem essa cobertura, de acordo com a Futuresource.

(Notícia atualizada às 23:24)

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.