Quinta-feira, 1 de abril

Termina a Quarentena Cinéfila – Raridades 

Com as salas de cinema ainda fechadas, muitos de nós têm recorrido às plataformas de streaming para nos entretermos com a sétima arte. A Medeia Filmes, em colaboração com a Leopardo Filmes, realiza agora a quarta e última parte da Quarentena Cinéfila, um evento que quer mostrar raridades do cinema num formato online e gratuito.

Nesta fase são apresentados filmes de Luís Buñuel, Emir Baigazin, Grégoire Leprince-Ringuet e Jean Renoir. O último filme disponível é “Helena e os Homens” (1956), de Jean Renoir. Pode consultar o programa completo aqui

Quando: Até 1 de abril

LISBOAGORA
créditos: LISBOAGORA

Sexta-feira, 2 de abril

No streaming

  • O Cowboy do Asfalto: Enquanto passa o verão no norte de Filadélfia, nos EUA, um adolescente rebelde (Caleb McLaughlin) vê-se dividido entre uma vida de crime e a vibrante subcultura de cowboys urbanos a que pertence o seu pai (Idris Elba), com quem não se dá. Este western realizado por Ricky Staub estreia na Netflix. 
  • Madame Claude: Paris, final dos anos 1960. Madame Claude (Karole Rocher) está à frente de um próspero negócio dedicado à prostituição, que lhe confere poder sobre o mundo da política e do crime. Mas o fim do seu império está mais perto do que ela pensa. Pode ver este filme realizado por Sylvie Verheyde na Netflix.

Termina o LISBOAGORA 2021 

LISBOAGORA nasceu em 2020 durante o primeiro período de confinamento da pandemia, com o objetivo de manter ativa a produção artística na cidade, recorrendo à linha de apoio do Fundo de Emergência Social da Câmara Municipal de Lisboa.

A ideia foi criar trabalho para um vasto número de profissionais do tecido artístico, sendo que todos os dias é disponibilizada online uma atuação de arte performativa de vários tipos, gerações e linguagens – dança, cenografia, desenho, literatura, música, pintura, spoken word, teatro ou fotografia.

Quando: Até 2 de abril

Ovos de Páscoa
créditos: AFP

Sábado, 3 de abril

Prepara a tua Páscoa – Workshow online 

Este evento interativo para os mais novos junta a magia de um espetáculo musical com as dinâmicas de aprendizagem de um workshop de culinária. Vão poder aprender a fazer cupcakes ao mesmo tempo que ficam a conhecer uma nova aventura da Capuchinho Vermelho.

Quando: 3 de abril, às 15h00

Quanto: Bilhetes a 12€

Monstra - Festival de Animação de Lisboa retoma hoje a edição em sala
créditos: 24

Domingo, 4 de abril

No streaming

  • Pray, Obey, Kill: Os aclamados jornalistas Martin Johnson e Anton Berg, ao lado do realizador Henrik Georgsson (“The Bridge”), procuram lançar uma nova luz sobre o que realmente aconteceu na vila sueca de Knutby em 2004, quando uma jovem foi assassinada e a sua vizinha sofreu vários ferimentos de bala. Os jornalistas nesta série documental da HBO investigam novos ângulos do caso, com acesso a materiais nunca antes revelados e realizando entrevistas exclusivas com pessoas que decidiram agora falar, depois de anos de silêncio.

The Silent Box | Hard Rock Cafe Streaming Sessions 

Desafiado pela Raising Legends Records, o Hard Rock Cafe Porto apresenta o Hard Rock Cafe Streaming Sessions, um festival de concertos emitidos online, diretamente do palco do Hard Rock e para toda a comunidade. O evento é totalmente gratuito, mas estão abertos para receber donativos para os  técnicos e para as bandas. 

Neste domingo, pode ver The Silent Box, a banda vencedora do Concurso de Bandas para o Palco Novos Valores da Festa do Avante! em 2019

Quando: 4 de abril, às 18h00

Termina o MONSTRA – Festival de Animação de Lisboa 

O MONSTRA – Festival de Animação de Lisboa juntou-se à plataforma de streaming Filmin e disponibiliza várias sessões de cinema de animação, entre curtas e longas-metragens parte do programa “20 Anos Monstra” da passada edição de 2020.

Poderá ver filmes como a longa metragem “Fritzi- a História de Uma Revolução” (2019), de Ralf Kukula e Matthias Bruhn. É um conto sobre a Queda do Muro e das pessoas que foram “corajosas o suficiente para mudar o mundo”, recontando a história da revolução pacífica de 1989 do ponto de vista de uma criança. 

Será também feita uma pré-apresentação do Monstra ao Vivo, dando acesso antecipado a três sessões que integrarão o programa deste ano.

Quando: Até 4 de abril

Quanto: Bilhetes entre os 0,95€ e 2,95€

créditos: 24

Segunda-feira, 5 de abril

Museus e monumentos municipais reabrem com mês gratuito 

Os museus e monumentos municipais de Lisboa vão reabrir nos dias 5 e 6 de abril, com entrada gratuita durante todo esse mês. 

Nesta segunda-feira reabrem o Castelo de São Jorge, o Padrão dos Descobrimentos e o Atelier-Museu Júlio Pomar, que celebra o 8.º aniversário, e inaugura “Flora”, exposição com algumas das aquisições realizadas pela Câmara Municipal Lisboa e pelo Atelier-Museu Júlio Pomar, para as respetivas coleções.

Também em Lisboa, reabre ao público o Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia (MAAT), com três novas exposições da temporada deste ano: “Aquaria — Ou a Ilusão de um Mar Fechado”, “X Não é um País Pequeno — Desvendar a Era Pós-Global”, e “Earth Bits — Sentir o Planeta”, que estarão patentes até 6 de setembro deste ano.

Pode consultar todos os museus aqui

Abre o Museu do Holocausto do Porto 

A abertura das portas aos primeiros visitantes ao primeiro Museu do Holocausto na Península Ibérica estava marcada para 27 de janeiro, data que marca o Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto. Contudo, o novo estado de emergência adiou a inauguração para abril. A entrada será gratuita até ao final de maio.

O Museu do Holocausto do Porto é tutelado por membros da Comunidade Judaica do Porto, cujos familiares foram vítimas do Holocausto. Neste museu a história é contada pelas suas vítimas, retratando a vida judaica antes, durante e após o Holocausto – desde a expansão do nazismo na Europa, os guetos, os refugiados, os campos de concentração, de trabalho e de extermínio, até à libertação e ao pós-guerra.

Os visitantes poderão visitar uma reprodução dos dormitórios de Auschwitz, uma sala de nomes, um memorial da chama, cinema, sala de conferências, centro de estudos, corredores com a narrativa completa, fotografias e vídeos.

Onde: Museu do Holocausto do Porto

René Lalique e a Idade do Vidro
créditos: René Lalique e a Idade do Vidro

Terça-feira, 6 de abril

Exposição René Lalique e a Idade do Vidro 

O Museu Calouste Gulbenkian reúne quase duas centenas de obras de René Lalique, entre as quais se contam algumas das mais célebres jóias criadas pelo artista. 

Com curadoria de Luísa Sampaio, a exposição percorre todos os grandes momentos da carreira do artista, desde a fase de produção artesanal como joalheiro, no período Arte Nova, até à altura em que assumiu o papel de industrial-criador e passou a dedicar-se exclusivamente ao vidro.

A origem deste conjunto remonta à década de 1890, altura em que Calouste Gulbenkian e René Lalique se conheceram. A amizade de ambos, que durou meio século, levou o colecionador a adquirir, entre 1899 e 1927, a quase totalidade das obras diretamente ao artista.

Onde: Fundação Calouste Gulbenkian

Quando: Até 12 de abril

Quarta-feira, 7 de abril 

No streaming

  • Dinheiro Fácil: A Série: Leya (Evin Ahmad) tenta singrar como empresária do sector tecnológico. Num ambiente frenético, a ambição pelo estatuto e pelo dinheiro está mais intensa do que nunca e Leya está determinada a alcançar o sucesso, custe o que custar, mesmo que isso signifique fundar a sua companhia com dinheiro sujo. Agora, está prestes a aprender uma lição muito dura: as ascensões meteóricas pagam-se bem caro. Criado por Oskar Söderlund e Jens Lapidusd, estreia na Netflix.

Gulbenkian reabre Museu 

Apesar de a exposição René Lalique e a Idade do Vidro reabrir nesta terça-feira, a coleção permanente do Museu Calouste Gulbenkian poderá ser visitada a partir do dia seguinte, 7 de abril. 

Esta coleção é considerada uma das melhores coleções particulares de arte do mundo, acolhendo mais de seis mil obras, da Antiguidade ao início do século XX. 

Já o Centro de Arte Moderna permanece encerrado para as obras de remodelação.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.