Já estamos no Twitter! Segue-nos em @vaisgostardisto, página que vamos utilizar para acompanhar o dia-a-dia do mundo na cultura pop.


Um, dois, três, um crime de cada vez

Foi no final da semana passada, mais concretamente no dia 19 de junho, que chegou à Netflix a terceira temporada de “The Sinner”, que colocou a série no top de conteúdos mais vistos da plataforma. Já tendo ouvido falar (e muito bem) das primeiras duas, e gostando eu de mistérios e séries criminais, decidi dar uma oportunidade e fazer uma maratona, mesmo a tempo de sair a terceira temporada.

À partida, já sabia que se tratava de uma antologia, o que significa que as temporadas contam diferentes histórias e têm protagonistas diferentes, ainda que haja personagens que se mantêm. Mas, afinal, de que é que fala a série?

Receba estas sugestões no seu e-mail

"Acho Que Vais Gostar Disto" é uma rubrica do SAPO24 que lhe sugere o que ver, ler e ouvir.

Se quer receber estas sugestões confortavelmente no seu e-mail, basta subscrever a rubrica em formato newsletter através deste link.

Temporada 1: A primeira história que nos é apresentada é a de Cora Tannetti, uma mulher e mãe de família com uma vida pacata. Um dia, num passeio com o marido e com o filho, Cora decide assassinar um rapaz, aparentemente desconhecido e sem qualquer motivo. Ao longo dos episódios, percebemos que, criada por fanáticos religiosos, Cora está afetada por traumas do passado, e descobrimos gradualmente a razão que a levou a cometer o crime.

Temporada 2: Um casal é assassinado pelo filho de 11 anos, Julian, e Harry Ambrose, o mesmo detetive responsável pelo crime da primeira temporada, volta à cidade onde cresceu para resolver mais um mistério que parece ser inexplicável. Ao longo da investigação são desvendados detalhes perturbadores acerca do assassinato e Ambrose descobre que Julian não é só mais um miúdo de 11 anos, ao mesmo tempo em que recorda a sua própria infância.

Temporada 3: Os novos episódios começam com um acidente, que não parece levantar suspeitas de crime. Os amigos Nick e Jamie despistam-se e apenas o segundo parece sobreviver. Mas, mais uma vez, Harry Ambrose investiga o caso e percebe que, afinal, há mais detalhes a ter em conta.

  • Os saltos temporais constantes:  O recurso à analepse é uma constante nos episódios de “The Sinner”. A série vive, em grande parte, de flashbacks.
  • Quarta temporada confirmada: Ainda que a primeira e a segunda tenham saído em 2017 e 2018, respetivamente, e a terceira tenha demorado dois anos a ir para o ar, já foi confirmado que “The Sinner” não fica por aqui, ainda que a data de estreia da quarta temporada não seja conhecida.

Uma curta por dia, não sabes o bem que te fazia

Quando ouvimos falar de filmes premiados, associamos geralmente às longas-metragens que arrecadaram grandes galardões, aos atores que fazem capas de revista, desfilam na passadeira vermelha e eternizaram uma personagem, e a filmes que vemos no cinema e que ficam para a História. No meio de todos estes, há ainda espaço para outros prémios relevantes na indústria e para outros conteúdos que muitas vezes não recebem o reconhecimento que merecem: as curtas-metragens.

Para que estes filmes, cuja duração não ultrapassa os 30 minutos, ganhem o devido reconhecimento, a Omeleto surgiu como um holofote. Como a própria se apresenta, a plataforma foi criada para resolver este problema da indústria do cinema, e condensa, num ‘festival online’ [como é descrito no site], as curtas premiadas nos mais conceituados festivais de cinema.

Ao acederes ao site, vais poder ver que os filmes estão separados por categoria e, ao escolheres aquele que queres ver, podes ainda ter disponíveis conteúdos relacionados com a curta, como por exemplo entrevistas com os realizadores.

  • As melhores do mês: As curtas são publicadas diariamente no canal de YouTube da plataforma, onde são ainda promovidos livestreams para a visualização dos melhores filmes de cada mês.

A prova de que a religião é só mais um comum mortal

De certa forma, a minha primeira recomendação levou-me à próxima série de que vou falar. Ao ver a primeira temporada de “The Sinner”, que, em parte, fala sobre o impacto que a religião tem na formação da personalidade de uma pessoa, lembrei-me de uma série que me foi recomendada há cerca de um ano e à qual nunca dei uma oportunidade.

Não foi preciso pesquisar muito até encontrar o nome. “The Righteous Gemstones” está disponível na HBO Portugal e, apenas com uma temporada, foi bastante bem recebida pela crítica. Ao longo de 9 episódios, com cerca de 1 hora cada, ficamos a conhecer uma família disfuncional de religiosos fanáticos, os Gemstones. Eli, o patriarca viúvo, é líder de uma igreja evangelista, focada na difusão da ideologia em meios de comunicação. Ao seu lado tem os filhos Jesse, Kelvin e Judy, que vivem estilos de vida financiados pela igreja e que lutam entre si para se destacar aos olhos do pai.

Para além de brincar com a religião e com o fanatismo, a série mostra várias falhas na fé destes crentes. Entre vícios, pecados e trafulhices, em “The Righteous Gemstones” há espaço para nos rirmos de um assunto que para muitos é intocável.

  • O veredicto (quase) final: Ainda a três episódios do final da primeira temporada, não diria que “The Righteous Gemstones” nos dá a melhor comédia alguma vez feita, mas poderá ser uma boa opção para quem procura um conteúdo mais ligeiro, que arranque uma gargalhada fácil.
  • Um cast cheio de caras conhecidas: Com nomes conhecidos do mundo das séries e filmes de comédia, como John Goodman, Danny McBride, Edi Patterson e Adam Devine.
  • Os números falam por si: No IMDb, a série recebeu uma classificação de 8,1 e no Rotten Tomatoes foi avaliada com uma pontuação de 75% dos críticos e 89% da audiência.

Créditos finais

  • “É Desta Que Leio Isto”: O segundo encontro do clube de leitura está marcado já para o dia 25 de junho. Em análise, vai esta o livro “O Retorno”, de Dulce Maria Cardoso. Para participares na conversa, inscreve-te aqui.
  • Não há duas sem três: Há boas notícias para os fãs da saga “Mamma Mia”. Numa entrevista, a produtora Judy Craymer confirmou que um terceiro filme está a ser planeado, mas o projeto acabou por ser adiado devido à pandemia.
  • Teen drama sobre a quarentena em português: Estreou na passada segunda-feira uma produção nacional que promete ser o espelho daquilo que muitos jovens viveram nos últimos meses: um período de quarentena isolados dos amigos e mais agarrados do que nunca à tecnologia. Os novos episódios da série “Quarenteens” vão ser transmitidos de segunda a sexta na RTP2, e para ver ou rever no RTP Play.
  • E agora, Hollywood?: A pandemia parou o mundo e, inevitavelmente, a indústria do entretenimento. Mas isso não significa que não haja novidades para breve no mundo do cinema. Neste artigo para o SAPO24,o Abílio dos Reis conta-te tudo aquilo que podes esperar nos próximos meses.

Tens recomendações de coisas que eu podia gostar? Ou uma review de um dos conteúdos que falei?  Envia para mariana.santos@madremedia.pt

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.