De acordo com a organização, o artista vai expor trabalhos de pintura abstrata em técnica mista sobre tela nesta exposição, no MAC, até 29 de setembro.

Nascido em 1950, na localidade de João Pinheiro, no interior do Estado de Minas Gerais, no Brasil, Saulo Silveira passou a maior parte da infância em contacto com a natureza, em fazendas onde rios e florestas que marcaram a sua memória.

Na sua pintura, Saulo Silveira "alcança os mais variados e inesperados efeitos utilizando um amplo arsenal de meios pictóricos numa adequação a uma finalidade estética e plástica em que a abstração se impõe", de acordo com um texto do MAC.

A exposição "Abraço de Cor" inaugura a 06 de setembro, às 18:30.

O MAC, dirigido por Álvaro Lobato Faria, atribui, desde 1997, um conjunto de prémios a personalidades que se destaquem na área da cultura, em particular nas artes plásticas, tendo aberto este ano uma nova vertente, na área do teatro.

Os prémios visam “estreitar os laços entre os agentes e práticas artísticas, assim como as entidades, grupos ou indivíduos que ao longo do ano mais ativamente participaram na produção, promoção e divulgação culturais”.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.