A programação do CCB foi hoje apresentada numa conferência de imprensa com a presença do presidente da instituição, dos administradores e dos programadores das várias áreas, da música e do teatro, à dança e à literatura e pensamento.

"Do ponto de vista da gestão orçamental sou exigente e prudente. Não há aqui nada de irrealista. A prudência exigiu esta programação, e o equilíbrio entre as várias artes", justificou o presidente do CCB, sobre as escolhas dos artistas e eventos que compõem a nova temporada.

Questionado pela agência Lusa sobre o valor do orçamento para 2017, Elísio Summavielle disse que é da ordem dos dois milhões de euros: "Mantém mais ou menos os mesmos níveis deste ano, com uma subida ligeira, porque a expectativa de receita para 2017 é superior".

O Festival Monteverdi, Carlos do Carmo, a coreógrafa Anne Teresa de Keersmaeker, o Teatro Praga, a homenagem a Camilo Pessanha e o cinema, foram incluídos na programação do CCB com 350 espetáculos para 2017.

Na conferência de imprensa, o presidente do CCB indicou ainda que "houve uma opção de privilegiar o trabalho em rede com outras instituições e fazer coproduções".

"Temos a nossa produção própria, mas, nos tempos que correm, é preciso criar parcerias e promover uma cooperação", acrescentou.

Destacou o reforço na área da literatura e pensamento e também a introdução do cinema no CCB, com a apresentação de seis longas-metragens, este ano, no grande auditório.

Relativamente ao investimento em obras no complexo, que conta já com 23 anos, o investimento será entre 700 mil e 800 mil euros, nos vários equipamentos, nomeadamente a substituição de alcatifas e estofos.

Por seu turno, a administradora Isabel Cordeiro revelou que haverá um reforço na divulgação e comunicação da programação de espetáculos e outras vertentes do CCB, com uma aposta da presença nas redes sociais, a gravação de espetáculos e transmissão de alguns 'online', bem como a criação de um arquivo digital.

"Vamos ter uma estratégia de comunicação reforçada, melhor acolhimento ao público, renovação da bilheteira, novas lojas e inovação da restauração", acrescentou.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.