Cristiano Ronaldo vai ter um novo hotel em Madrid em breve. A unidade vai nascer no número 29 da emblemática Gran Vía, na capital espanhola, precisamente no edifício onde está a livraria “Casa Del Libro”. O futuro Pestana CR7 Madrid Lifestyle Hotel vai contar com 160 quartos, rooftop bar e restaurante.

A licença de construção foi emitida há pouco tempo e, por isso, a obra deverá arrancar em breve. A informação é avançada por fonte da aliança entre o internacional português e a cadeia hoteleira. Durante alguns dias, pairou a polémica e a dúvida sobre a manutenção da popular livraria “Casa Del Libro”.

Nas redes sociais, o próprio estabelecimento descansou os receosos: a livraria vai manter-se no piso térreo do edifício. Não é certo se manterá o segundo e terceiro pisos, que também ocupa. Sabe-se, contudo, encerrar durante algum tempo para fazer obras. Já hoje, num comunicado enviado às redações, o grupo hoteleiro confirma a informação e os moldes em que os 160 quartos vão surgir no edifício, acabando com rumores e desmentidos que têm ocupado os madrilenos.

Ao contrário do que chegou a ser afirmado, o internacional português não vai comprar o edifício de 1922. Trata-se, antes, de um “contrato de arrendamento de longo prazo, com o Grupo Calpense, detido pela família proprietária, desde a sua construção, do imóvel localizado na Gran Vía n.º29”, pode ler-se no documento a que o SAPO24 teve acesso.

Cristiano Ronaldo conta já com dois hotéis a funcionar. A capital da Madeira e a capital de Portugal foram os primeiros destinos da parceria que o jogador do Real Madrid tem com o grupo hoteleiro português.

O objetivo é chegar às cinco unidades da marca abertas até 2019. Para isso, a Lisboa, Funchal, Nova Iorque e Madrid (estes dois últimos “em obra”, segundo o grupo Pestana) juntar-se-á também Marraquexe, explicava o administrador responsável pelo desenvolvimento do grupo Pestana, José Roquette, no final de janeiro.

Assim, estas três unidades hoteleiras últimas com a marca do jogador de futebol Cristiano Ronaldo deverão abrir em 2019, acrescentou o responsável. Questionado se estudam mais aberturas deste segmento, José Roquette disse que sim, mas até serem realidade não entram na lista dos projetos a realizar.

"Dentro de três a cinco anos o objetivo é duplicar os hotéis da marca CR7", afirmou, admitindo que "Ibiza ou Milão" e noutras cidades europeias de referência, faz sentido ter esta marca.

"Quando criámos esta marca, obviamente que não era para ficar por um hotel. Não se cria uma marca com um hotel", explicou.

O administrador disse ainda que as unidades CR7 estão a conseguir colocar-se "num segmento 'premium' de quatro estrelas", com "um preço médio ligeiramente mais alto do que um simples quatro estrelas [os 'premium' são segmentos mais caros]" e com índices de satisfação, dos inquéritos preenchidos por quem lá fica, "muito altos".

A sociedade dona dos hotéis Pestana CR7 Lifestyle Hotels é detida em partes iguais pelo grupo Pestana e pelo futebolista Cristiano Ronaldo, cabendo ao primeiro a gestão deste negócio.

Nos últimos seis anos, o grupo inaugurou 20 hotéis em Portugal e no estrangeiro e a maior multinacional hoteleira de origem portuguesa prevê abrir 20 novos hotéis nos próximos três anos, aumentando a sua capacidade em 3.000 novos quartos até 2020. O investimento global nesta expansão será de cerca de 200 milhões de euros, afirmou José Roquette.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.