Os vocalistas dos Ornatos Violeta e Jafumega foram os primeiros nomes revelados pela organização em abril, que hoje fechou o cartaz com o guitarrista O Gajo e o rancho do concelho da Batalha.

Ao contrário de outros festivais, Artes à Vila não foi cancelado, adaptando-se contudo para um formato sem público e com transmissão através da internet, a partir de dois espaços emblemáticos do Mosteiro da Batalha: as Capelas Imperfeitas e o Claustro Real.

Segundo a organização, a realização do festival pelo terceiro ano consecutivo é uma forma de “apoiar a economia da cultura” e “manter a música bonita a tocar” para “celebrar com os portugueses a cultura e o património nacional”, numa edição “dedicada à música nacional”.

Além dos concertos de Manel Cruz, Luís Portugal, O Gajo e do Rancho Rosas do Lena, haverá momentos de comédia com o coletivo oVo Mau a partir das 20:30 de 27 de junho.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.