O Big Bang, que decorrerá nos dias 20 e 21 de outubro no Centro Cultural de Belém, é um festival europeu de música cujos espetáculos, de novas abordagens à produção musical e sonora, são pensados para os mais novos, entre os quatro e os 12 anos.

Esta é a oitava edição do Big Bang, uma iniciativa internacional da Zonzo Compagnie, da qual o Centro Cultural de Belém faz parte, propondo dois dias de espetáculos de descoberta da música.

Este ano, o festival contará, por exemplo, com "Noturno", performance de Joana Gama e Victor Hugo Pontes em torno do conceito de noite e sombra, e atuações ao livre do grupo de percussão Tocá Rufar, dirigido por Rui Júnior.

Haverá ainda uma oficina de artes sobre caixas de ressonância e produção de sons, enquanto noutro espaço a instrumentista Joana Guerra convida a entrar num quarto imaginário em torno do violoncelo.

A Zonzo Compagnie regressa a Lisboa para desconstruir e reinterpretar a música de Johann Sebastian Bach, num espectáculo batizado de "3Ach - Starway to heaven" e Vincent Martial fará, para maiores de seis anos, uma performance para "flauta, percussão e um ensemble de esculturas sonoras robóticas".

Os espetáculos terão entre 20 e 50 minutos.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.