Tudo começou quando David Bellis foi dar um passeio com o filho numa zona rural em Prestatyn, Inglaterra, e aproveitou para tirar uma selfie com a criança e com um simpático cavalo que não só se juntou ao momento do click, como também sorriu para a fotografia.

O resultado agradou David Bellis que resolveu enviar a foto para um concurso promovido pela agência de viagens Thomson, no âmbito da blue monday – a segunda-feira mais triste do ano. David acabou por vencer o concurso e recebeu uma viagem no valor de 2600 euros.

A história poderia ter um final feliz se acabasse aqui. Mas não foi isso o que aconteceu. Nicola Mitchell, dona do cavalo, não concordou com o prémio atribuído às custas do seu animal e mostrou o seu desagrado nas redes sociais.

O assunto espalhou-se com a velocidade de uma selfie viral, até que David Bellis começou a receber mensagens ofensivas, que sugeriam o pagamento de metade do prémio à dona do cavalo.

O fotógrafo de ocasião já respondeu a dizer que não vai dar nenhum cêntimo a Nicola, acusando-a de ter inveja. "Acho triste que em vez de ficar contente por eu ter ganho umas férias alguém pense imediatamente que foi enganado de alguma forma", disse ao jornal Daily Mail.

Nicola, por outro lado, alegou que se soubesse do tal concurso também teria concorrido, até porque o cavalo está sempre a mostrar os dentes e a pôr a língua de fora, garantiu.

A Thomson já reagiu e disse que o objetivo do concurso era fazer com que as pessoas sorrissem e nunca imaginava que iria causar problemas aos donos do cavalo.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.