Marc Maron é uma lenda do circuito de stand-up comedy americano. Aos milhares de espetáculos que uma carreira de mais 20 anos acaba por gerar, Maron junta dezenas de aparições em talk-shows americanos como o de David Letterman, Jimmy Fallon, Jimmy Kimmel ou Conan O’Brien. Na realidade, é o comediante que mais vezes atuou no talk-show deste último.

Não obstante, a sua carreira foi quase sempre feita fora do mainstream: nunca teve a sua própria sitcom (série televisiva de comédia); nunca teve um papel relevante num filme – a sua participação mais conhecida é um pequeno papel em “Almost Famous” de Cameron Crowe, onde é creditado como um anónimo “promotor zangado” –; nunca integrou o elenco de “Saturday Night Live”, a histórica série de sketches americana por onde muitos dos mais conhecidos comediantes ou apresentadores americanos passaram.

Contudo, em 2009, Maron tinha atingido um dos pontos mais baixos da sua vida profissional e pessoal,  com o segundo divórcio ainda “fresco” e o seu programa de rádio cancelado ao fim de menos de um ano de emissões. E é então que decide começar a gravar e produzir "WTF with Marc Maron", um podcast em que convidava uma série de pares (com particular incidência em comediantes ou pessoas ligadas ao humor, mas também atores, cantores, etc.) para conversas recheadas de intimismo, confissões surpreendentes e momentos inesquecíveis – sempre conduzidas sem guião e com a genuinidade de Maron aos comandos.

O podcast, que começou por ser clandestinamente produzido nas instalações da Air America – rádio de onde tinha sido “despedido” –, é regularmente gravado na garagem de Maron, local mágico por onde já passaram personagens tão distintas como o malogrado ator Robin Williams, o comediante Louis CK, o apresentador John Oliver e, inclusivamente, o atual presidente americano Barack Obama.

Mais de 700 episódios depois (o podcast é bi-semanal, sendo que cada episódio é disponibilizado às segundas e quintas), WTF é um dos mais populares podcasts americanos, com números que impõem respeito e fazem inveja a muitos conteúdos de outras plataformas (nomeadamente a televisão): cerca de 6 milhões de downloads por mês e 250 milhões de downloads nos primeiros seis anos de programa.

Quanto a Maron, viu a sua carreira dar uma volta de 180 graus. Para além da notoriedade do podcast (e consequentes patrocínios associados), participou em séries de sucesso como “Girls” e “Louie”, e produziu, escreveu, realizou e protagonizou a sua própria série, “Maron”, que contou com quatro temporadas e foi transmitida no canal IFC.

Os episódios de "WTF with Marc Maron" podem ser ouvidos no próprio site do podcast, no iTunes ou em qualquer outra plataforma agregadora de podcasts (como o Overcast ou o Stitcher).

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.