"Ninguém esperava que se atingisse o valor de 1 milhão de euros. O montante final [da venda] foi de 1.252.000 euros", destacou Pipa, sem informar a identidade do comprador.

A agência de notícias Belga, no entanto, reportou que o comprador é um cidadão chinês "que certamente usará a ave para fins reprodutivos, para criar novos campeões".

O pombo, chamado Armando, foi criado no estabelecimento de Joel Verschoot, de renome na Bélgica.

O interesse da China por pombos-correio aumentou nos últimos anos, o que elevou os preços dos "campeões" que são determinados por aquele que é o primeiro capaz de voltar ao seu pombal a partir do ponto de partida, situado a centenas de quilómetros.

Segundo Pipa, o pombo mais caro da história das vendas pela Internet até hoje era "New Bliksem". A ave foi vendida em novembro de 2018 por 376.000 euros.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.