Cronologia dos principais acidentes em fábricas de pirotecnia registados nos últimos 12 anos em Portugal:

4 de abril de 2017 - Cinco mortos e três pessoas por localizar numa explosão numa fábrica de pirotecnia em Avões, Lamego.

9 de março de 2017 - Um morto numa explosão numa fábrica de pirotecnia em Mancelos, concelho de Amarante.

23 de janeiro de 2014 - Um homem de 42 anos morreu num paiol de uma fábrica de pirotecnia de Rio de Mouros, concelho de Penafiel.

12 de agosto de 2010 - Um morto num paiol da freguesia de Mancelos, concelho de Amarante.

30 julho de 2010 - Um morto numa fábrica de pirotecnia, em Amares.

4 de maio de 2010 - Um morto e dois feridos graves morrem num acidente numa fábrica em Canidelo, Vila do Conde.

17 de fevereiro de 2010 - Dois trabalhadores morrem em oficina de pirotecnia da Póvoa de Lanhoso.

7 de agosto de 2008 - Explosão numa oficina de Ponte de Lima causa ferimentos em oito trabalhadores, um dos quais acabou por falecer nove dias depois.

26 de setembro de 2006 - Morre um dos quatro feridos numa explosão numa fábrica de pirotecnia de Vila do Conde.

8 de junho de 2006 - O filho do dono de uma oficina da freguesia de Calde, Viseu, morre numa explosão que causou outros dois feridos.

30 de junho de 2005 - Explosão numa oficina de Nespereira Alta, S. Pedro do Sul, provoca três mortos e um ferido grave.

30 de março de 2005 - Morre uma funcionária numa explosão numa fábrica de S. Vicente de Ponte, Vila Verde.

31 de janeiro de 2005 - Explosão do paiol de uma fábrica de pirotecnia em S. Paio de Antas, Esposende, mata um trabalhador.

[Notícia atualizada à 00h45]

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.